-----
 



 

ESCUTE A CANÇÃO

Renate Emanuele

 

 
 
Você está ouvindo? Escute a canção
É poesia, meu universo de solidão 
Entre as quimeras esconde dores 
Fala de um passado, meus amores
 
Onde o tempo se tornou carrasco
A dor no corpo já se fez o casco
Misturo às lágrimas, aguardente
Dissipando as torturas da mente
 
E na poesia busco rimar alegria
Mas a lembrança perturba o dia
À noite a saudade aviva na canção
Sem alegria, a rima será solidão

 

 

 

VOLTAR